Justiça Eleitoral multa irmão da prefeita de Monte Santo por pesquisa falsa

Por Redação
2 Min

O presidente municipal do Republican de Monte Santo, Zaqueu Matos, irmão da prefeita Silvania Matos (PSB), foi multado em R$53,2 mil pelo juiz Lucas Carvalho Sampaio, da 50ª Zona Eleitoral, por ter divulgado uma pesquisa falsa e sem registro. A mesma penalidade foi aplicada a Márcio Quintino Silva, um assessor de confiança da Prefeitura.

A decisão, publicada na última segunda-feira (22), parcialmente acolheu a denúncia feita pela comissão provisória do PP em Monte Santo, a qual pedia também a punição da prefeita, pré-candidata à reeleição. O juiz, no entanto, entendeu que Silvania Matos não deveria ser punida, pois não compartilhou a pesquisa falsa, embora tenha se beneficiado dela.

A pesquisa fraudulenta, divulgada nas redes sociais de Zaqueu com uma foto da prefeita, indicava Silvania Matos como líder na corrida eleitoral. No entanto, ao somar o percentual dos pré-candidatos mencionados, a porcentagem ultrapassava os 100%. Além disso, o nome do instituto responsável não estava presente.

O juiz destacou que a pesquisa não estava registrada na Justiça Eleitoral. “Dessa forma, as condutas deles estão totalmente dentro do ilícito eleitoral”, sentenciou o magistrado.

O PP em Monte Santo está apoiando a pré-candidatura da vice-prefeita Itácia Andrade (PSD), assim como o MDB e o PDT. Itácia, que rompeu com Silvania, conseguiu unir a oposição na cidade, juntando forças com o ex-prefeito Everaldo Joel (Avante).

Compartilhe Isso
- Advertisement -