“Governo tem sistema invadido e R$ 3,5 milhões são desviados”

Por Redação
2 Min

O governo identificou um desvio de R$ 3,5 milhões em recursos do Ministério da Gestão e da Inovação em Recursos Públicos devido a uma invasão do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) – utilizado pelo governo para efetuar pagamentos a credores, enviar transferências a Estados e municípios e repassar salários dos servidores públicos. De acordo com uma reportagem do Estadão, do montante desviado, R$ 2 milhões já foram recuperados.

O desvio ocorreu em 5 de abril. Posteriormente, houve uma segunda tentativa de movimentação, totalizando R$ 9 milhões, do mesmo ministério. No entanto, a segunda investida foi frustrada. O caso está sendo investigado pela Polícia Federal e pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Conforme o Estadão, ainda não há confirmação da participação de servidores públicos ou de terceiros no crime. Outros desvios podem ter ocorrido em diferentes ministérios. De acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional, a segurança do sistema foi mantida.

Ainda segundo a publicação, o governo constatou que a fraude foi realizada por meio da alteração dos dados bancários do fornecedor que deveria receber os recursos do governo. Ao detectar a movimentação, o ministério conseguiu recuperar R$ 2 milhões, pois o dinheiro ainda não havia sido retirado da conta bancária do destinatário. O restante acabou sendo sacado ou transferido.

Compartilhe Isso
- Advertisement -