Com golaço de Neymar, Brasil vence Japão por 3 a 0

Por Redação
6 Min

Copa das Confederações com uma fácil vitória em cima do Japão O Brasil estreou na Copa das Confederações com uma fácil vitória em cima do Japão, por 3 a 0. Os gols da seleção brasileira foram marcados por Neymar, Paulinho e Jô. A seleção japonesa tentou explorar alguns contra ataques na partida, mas foi amplamente dominada pela equipe comanda por Felipão.

Antes de a bola rolar, o presidente da Fifa, Joseph Blatter e a presidente do Brasil, Dilma Rousseff discursaram debaixo de muitas vaias dos torcedores presentes no estádio Mané Garrincha.

O jogo

Logo no início da partida, aos três minutos de jogo, Neymar arriscou um lindo chute de fora da área, após receber um passe de peito de Fred e abriu o placar com um golaço. O jogador não marcava um gol com a camisa da seleção havia nove jogos.

O Japão respondeu aos cinco minutos, com um belo chute do atacante Honda, em cobrança de falta defendida por Júlio César.

O Brasil seguiu fazendo boas triangulações na partida e aos 12 minutos, Daniel Alves arriscou um chute de muito longe, que não assustou o goleiro Kawashima.

Explorando sempre a velocidade, a equipe japonesa assustou novamente a seleção brasileira com Honda, que arriscou de fora da área aos 18 minutos e colocou o goleiro brasileiro para trabalhar.

Aos 21 minutos, em uma tabela entre Hulk e Daniel Alves, o Brasil chegou com perigo. O atacante cruzou a bola para a área e o zagueiro japonês jogou contra o próprio patrimônio, mas o goleiro conseguiu evitar o segundo gol do Brasil.

O jogo seguiu em ritmo morno. A seleção brasileira com maior posse de bola tentava chegar ao gol japonês, enquanto o Japão queria explorar os contra golpes. Aos 37, Hulk e Neymar tentaram uma jogada ensaiada em uma falta, mas não obtiveram sucesso.

A seleção brasileira só voltou a assustar o Japão aos 39 minutos, quando em uma jogada individual, Hulk driblou um zagueiro, chutou e acertou a rede do gol japonês pelo lado de fora.

No final do primeiro tempo, Fred e Neymar fizeram uma bela tabela e o atacante do Fluminense finalizou para grande defesa do goleiro Kawashima.

O segundo tempo começou com um lance perigoso da seleção japonesa logo no primeiro minuto, quando uma bola cruzada atravessou a área do Brasil, mas nenhum jogador japonês apareceu para completar a jogada.

O Brasil respondeu logo em seguida e marcou o segundo gol da partida. O volante Paulinho recebeu cruzamento dentro da área, virou bonito e chutou forte. O goleiro japonês ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o tento.

Logo aos quatro minutos, a equipe japonesa assustou o goleiro Júlio César numa cabeçada de Okazaki que raspou a trave da meta brasileira.

Aos 10 minutos da etapa final, Maeda, que tinha acabado de entrar na partida no lugar de Kiyotake, arriscou um chute de longe e o arqueiro brasileiro fez boa defesa.

A equipe japonesa chegou com perigo ao gol brasileiro mais uma vez 26 minutos do segundo tempo, colocando Júlio César para trabalhar novamente.

O atacante Neymar sentiu uma contusão, após receber uma pancada e deu lugar à Lucas ao 28 minutos da etapa complementar. Scolari resolveu mexer novamente na equipe e, na sequência, colocou Hernanes na vaga de Hulk.

O time comandado por Felipão seguiu administrando a vantagem no placar e chegava ao ataque sem ameaçar o gol japonês.

Fred, que está com um problema na costela, cabeceou uma bola com perigo aos 35 minutos e foi substituído por Jô, logo na sequência.

No final da partida, os jogadores brasileiros trocaram passes sem muita objetividade, aguardando o término do jogo.

Já nos acréscimos, Jô recebeu um belo passe de Oscar e anotou o terceiro gol da equipe de Felipão. O juiz aponto o final da partida logo após o tento anotado pelo atacante do Atlético-MG.

Brasil 3 x 0 Japão
Copa das Confederações – 1ª Rodada

Brasil: Julio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk (Hernanes), Neymar (Lucas) e Fred (Jô). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Japão: Kawashima; Uchida, Yoshida, Konno e Nagatomo; Hasebe, Endo (Hosogai), Kiyotake (Maeda) e Honda (Inui); Kagawa e Okazaki. Técnico: Alberto Zaccheroni.

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Horário: 16h
Data: 15 de junho de 2013
Arbitragem: Pedro Proença, auxiliado por Bertino Miranda e Jose Trigo
Gols: Neymar (3 min. 1ºT), Paulinho (2min. 2ºT) e Jô (47ºmin. 2º T)
Cartão amarelo: Hasebe (JAP)

Compartilhe Isso
- Advertisement -