Videomonitoramento reforça portais de segurança para o Carnaval

Por Redação
3 Min

A montagem das estruturas temporárias que serão utilizadas pelas polícias Militar, Civil, Técnica e Corpo de Bombeiros no Carnaval 2017, em Salvador, já foi iniciada. Além dos postos policiais integrados e elevados para observação dos foliões, os principais circuitos terão portais de segurança. Os portais foram utilizados pela primeira vez no Carnaval de 2016 e este ano receberão o reforço de mais câmeras de videomonitoramento, para garantir a segurança nas portas de entrada de cada um dos circuitos.

O tenente-coronel Marcos Oliveira, coordenador do Grupo de Trabalho (GT) do Carnaval 2017, montado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), ressalta a importância de incrementar o trabalho dos policiais logo na recepção de quem chega para a festa. “No Carnaval passado, nós tivemos o advento dos portais, que surtiu um efeito muito bom. Para esse ano, nós vamos fazer uma melhoria, ampliando o videomonitoramento, para exercer um efetivo controle. Vamos também propiciar maior conforto para os policiais que trabalham nesses portais, o que será revertido em atendimento à população”, explica o coordenador do GT.

Na região da Barra e Avenida Garibaldi já é possível observar a montagem de postos de controle, reunião de tropa e cavalaria. Os trabalhos de preparação serão estendidos para os demais circuitos nos próximos dias. Ao todo serão 65 estruturas disponibilizadas em pontos estratégicos, incluindo Campo Grande e Pelourinho. “Essas primeiras estruturas montadas estão em locais em que o trabalho de montagem não causa transtornos ao dia a dia da cidade. As demais, que têm montagem mais rápida, serão preparadas mais próximo da festa”, afirma Oliveira.

Expectativa

Antes da capital baiana ser tomada por milhares de foliões, baianos e turistas aguardam com expectativa o início da festa e reconhecem a importância do trabalho das polícias para um Carnaval com alegria e sem violência. “O policiamento em geral é uma forma para ajudar todos nós que estaremos na rua. É essencial no Carnaval para evitar roubos e até tragédias. É bom saber que estamos sendo observados pela polícia, dá mais segurança”, conta o turista goiano Alejandro Magalhães, que continuará em Salvador até o Carnaval.

Compartilhe Isso
- Advertisement -