Tabagismo é responsável por 80% das mortes por câncer de pulmão no Brasil

Por Redação
3 Min

Um estudo realizado por pesquisadores da Fundação do Câncer revelou que o tabagismo é responsável por 80% das mortes por câncer de pulmão em homens e mulheres no Brasil. O trabalho foi apresentado durante o 48º encontro do Group for Cancer Epidemiology and Registration in Latin Language Countries Annual Meeting (GRELL 2024), realizado na Suíça.

Continua depois da Promoção

O epidemiologista Alfredo Scaff, consultor médico da Fundação do Câncer, em entrevista à Agência Brasil, explicou que o objetivo do estudo é fornecer dados que possam subsidiar ações de prevenção da doença. Segundo ele, o câncer de pulmão está diretamente relacionado ao hábito de fumar. Atualmente, o tabagismo é responsável pela maioria dos casos de câncer no mundo, e principalmente no Brasil.

No Brasil, a região Sul apresenta a maior incidência de câncer de pulmão, com 24,14 casos novos a cada 100 mil homens e 15,54 casos novos a cada 100 mil mulheres, superando a média nacional de 12,73 entre homens e 9,26 entre mulheres. Apenas as regiões Norte (10,72) e Nordeste (11,26) registram índices abaixo da média brasileira no caso dos homens. Já entre as mulheres, as regiões Norte, Nordeste e Sudeste também ficaram abaixo da média nacional, com respectivamente 8,27, 8,46 e 8,92 casos a cada 100 mil habitantes.

A pesquisa reforça a importância de programas de prevenção e combate ao tabagismo, visando reduzir os índices de câncer de pulmão no país. Medidas de conscientização e políticas de controle do tabagismo são essenciais para prevenir a progressão da doença e reduzir o número de mortes relacionadas ao câncer de pulmão.

Continua depois da Promoção

A Fundação do Câncer ressalta a necessidade de investimento em políticas públicas que promovam a saúde e incentivem a população a adotar hábitos saudáveis, como a cessação do tabagismo. Somente com ações efetivas e contínuas será possível reverter o quadro alarmante de mortes provocadas pelo câncer de pulmão no Brasil.

Em suma, o tabagismo é um fator determinante para o desenvolvimento do câncer de pulmão, sendo responsável pela maioria dos casos da doença no país. A conscientização da população e a implementação de medidas de controle são fundamentais para reduzir a incidência e mortalidade relacionadas ao tabagismo e ao câncer de pulmão.

Compartilhe Isso
- Advertisement -