Câmara de Vereadores discute Segurança Pública em Candeias

Por Redação
2 Min

O evento é uma iniciativa do vereador Arnaldo Araújo (PSDB) e reunirá autoridades de diversos setores que atuam na segurança no Estado, entre elas o comandante da 10ª Companhia Independente de Polícia Militar em Candeias, Major Paulo César Nunes.

Para Arnaldo Araújo, é preciso intervenção do governo do estado para enfrentar a violência e o volume de homicídios na cidade, que em sua maioria estão ligados ao tráfico de drogas. Ele também pontua que questionará a falta de segurança nas escolas públicas da cidade, alvos de recentes ataques de criminosos.

De maio a julho deste ano, a 20ª Delegacia Territorial registrou em Candeias, entre assaltos e furtos diversos, mais de 600 ocorrências.

Segundo o Mapa da Violência 2016, Candeias está entre as 100 cidades mais violentas do país – na 99ª posição. O levantamento, com dados de 2012 a 2014, aponta Mata de São João (BA) como a cidade com maior número de mortes por armas de fogo no Brasil.

Ao final da audiência pública desta terça, será elaborada uma Carta Aberta de Candeias contra a Violência com sugestões e reivindicações dos vereadores e da comunidade candeiense, que será encaminhada ao governador Rui Costa, ao secretário de Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, e ao comandante geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão.

Compartilhe Isso