Empresas reduzem consumo de água em Camaçari

Por Redação
2 Min

O foco na sustentabilidade tem norteado as ações das empresas associadas ao Cofic instaladas no Polo de Camaçari e em sua área de influência, que vêm investindo cada vez mais na redução do consumo e reuso de água em suas operações. Um exemplo disso é a Braskem, que conseguiu economizar um total de 1,05 bilhão de litros de água nos últimos dois anos com a redução de perdas de água de resfriamento na planta de Olefinas.

Continua depois da Promoção

A Bridgestone reutilizou, nos últimos três anos, o volume de 13.906 m3 de água de reuso em seus processos, evitando assim a captação de água fresca. Já a Dow utiliza água da chuva em seu processo produtivo em Aratu. Por sua vez, a Acelen, responsável pela administração da Refinaria de Mataripe, registrou em 2023 uma redução de 10% no consumo total de água da refinaria em relação a 2022, o que equivale a uma economia de 1,4 bilhão de litros de água no ano. Essa quantidade seria suficiente para abastecer uma cidade de 30 mil habitantes por um ano.

Essas ações refletem o compromisso das empresas do Polo de Camaçari com práticas mais sustentáveis, visando não apenas a conservação dos recursos hídricos, mas também a redução do impacto ambiental de suas atividades. Além disso, tais iniciativas contribuem para a conscientização e engajamento de colaboradores, fornecedores e comunidade no entorno, fortalecendo a cultura da sustentabilidade na região.

O investimento em tecnologias e estratégias que promovem o uso racional da água e o reaproveitamento de recursos hídricos tem se mostrado não apenas uma necessidade, mas também uma vantagem competitiva para as empresas, que garantem sua operação de forma mais eficiente e responsável. Portanto, cada vez mais as empresas do Polo de Camaçari estão se consolidando como exemplos de boas práticas ambientais e sustentáveis para o setor industrial.

Continua depois da Promoção
Compartilhe Isso
- Advertisement -