Justiça em Candeias: Policial que Matou Artista Plástico é Expulso da PM

Leia mais

A Corregedoria da Polícia Militar, com a autorização do Comandante Geral, Paulo Coutinho, tomou a decisão de demitir o soldado da PM acusado de ter matado Arnaldo Filho, um artista plástico, durante uma operação realizada pela 10ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) em Candeias, na Região Metropolitana de Salvador.

Leia mais

O incidente ocorreu em 2018, causando grande comoção e indignação entre os residentes da cidade. Os policiais inicialmente alegaram que Arnaldo teria disparado contra eles pela janela de sua residência. No entanto, investigações subsequentes revelaram que não houve nenhum tiro efetuado contra os membros da guarnição.

Leia mais

Uma moradora local comentou: "A justiça está sendo feita. Nadinho era uma pessoa boa e nunca fez mal a ninguém. Não mereceu o que aconteceu com ele", em relação à vítima.

Leia mais

Arnaldo, que era um artista plástico e ministrava aulas em um ateliê que ele mesmo havia montado em sua casa, foi fatalmente atingido na operação. Os outros dois policiais da guarnição agora enfrentarão um período de prisão de 30 dias no Batalhão de Choque, localizado em Lauro de Freitas.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Candeias Mix - Notícias de Candeias, Bahia e do Mundo