Homem condenado a 24 anos por matar vizinha em Itabuna 2002

Homem condenado a 24 anos de prisão por assassinato de vizinha em Itabuna

Leia mais

Um homem identificado como Dário Oliveira Leal foi condenado a 24 anos de prisão por matar a vizinha, a tiros, dentro da casa dela, em Itabuna, no sul da Bahia, após uma discussão. Marileide Santos de Oliveira, então com 27 anos, foi assassinada em 2002.

Leia mais

Na época, Dário também atirou contra o irmão de Marileide, que ficou em coma, mas sobreviveu. Por essa tentativa de homicídio, ele pegou dez anos de cadeia.

Leia mais

O crime chocou a cidade de Itabuna e deixou a comunidade local apreensiva. A violência do ato cometido por Dário Oliveira Leal gerou revolta entre os moradores da região, que clamavam por justiça.

Leia mais

Após um longo processo judicial, Dário foi considerado culpado pelo assassinato de Marileide Santos de Oliveira. A sentença de 24 anos de prisão foi proferida pelo juiz responsável pelo caso, que destacou a gravidade do crime cometido.

Leia mais

A defesa de Dário tentou alegar que ele agiu em legítima defesa, mas as provas apresentadas durante o julgamento foram contundentes o suficiente para condená-lo pelos crimes cometidos.

Leia mais

A família de Marileide Santos de Oliveira, assim como a comunidade de Itabuna, agora esperam que a justiça seja feita e que Dário Oliveira Leal cumpra integralmente a sua pena, como forma de reparação pelos danos causados.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Candeias Mix - Notícias de Candeias, Bahia e do Mundo