Datafolha: Maioria aprova veto de Lula a atos sobre golpe de 1964

Uma pesquisa Datafolha divulgada neste domingo, 31 de março, revelou que 59% dos brasileiros aprovam o veto imposto pelo presidente Lula (PT) a eventos relativos aos 60 anos do golpe militar em órgãos do governo. O levantamento, realizado nos dias 19 e 20 de março em 147 cidades, ouviu 2.002 pessoas e apontou que 33% consideram que o petista agiu mal, enquanto 8% não souberam se posicionar sobre o tema.

Leia mais

O veto foi alvo de polêmica e descontentamento entre a base mais à esquerda do presidente, devido ao seu trabalho de acomodação com as Forças Armadas após anos de simbiose entre os fardados e o governo de Jair Bolsonaro (PL). Além disso, o envolvimento de militares nos atos golpistas do 8 de janeiro de 2023 também contribuiu para a controvérsia.

Leia mais

Lula tem feito diversos acenos aos militares e chegou a afirmar recentemente que a ditadura de 1964 "faz parte da história", declaração que gerou críticas. Ele também tem adiado a recriação da Comissão de Mortos e Desaparecidos, cujo foco seria apenas nas vítimas do regime, excluindo as da luta armada. Essa postura desagradou profundamente a então presidente Dilma Rousseff (PT, 2011-16) em relação às Forças Armadas.

Leia mais

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A rejeição aos eventos relativos aos 60 anos do golpe militar por parte do presidente Lula reflete a divisão de opiniões no país sobre como lidar com um período tão conturbado da história brasileira.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Candeias Mix - Notícias de Candeias, Bahia e do Mundo