Pré-candidaturas de Geraldo Júnior e Fabya Reis contra Bruno Reis e Ana Paula

Depois de Bruno Reis (União) e Ana Paula Matos (PDT) oficializarem a pré-candidatura à reeleição para prefeito e vice, respectivamente, foi a vez do grupo aliado do governador Jerônimo Rodrigues (PT) ser apresentado. Em um evento político realizado na Arena Fonte Nova, o vice-governador Geraldo Júnior (MDB), ex-presidente da Câmara Municipal de Salvador, foi lançado como concorrente ao Palácio Thomé de Souza, ao lado da futura companheira de chapa, a ex-secretária estadual de Assistência e Desenvolvimento Social Fabya Reis (PT), cuja militância teve origem no Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) no extremo-sul do Estado.

Leia mais

O evento contou com a presença do senador Jaques Wagner (PT), padrinho da pré-candidatura de Geraldo Júnior, além de lideranças como o senador Otto Alencar (PSD) e a deputada federal Lídice da Mata (PSB), coordenadora política da campanha do emedebista, juntamente com outros parlamentares, vereadores e lideranças.

Leia mais

Geraldo Júnior enfatizou a importância da união do grupo liderado por Jerônimo, destacando que a coalizão de diferentes partidos tem como principal objetivo a transformação da vida das pessoas sob a liderança do governador. "Aqui é o momento de coalisão de todos os partidos que por vezes pensam diferente, têm razões diferentes, mas o foco é um só sob a liderança do governador: transformar a vida das pessoas", declarou o emedebista.

Leia mais

Fabya Reis afirmou que está na chapa para contribuir e representar a diversidade de Salvador. "Muito me honra, enquanto mulher e negra, estar aqui hoje. Me honra a confiança de todos os partidos. Vamos debater a cidade porque Salvador merece mais. Essa é uma largada vitoriosa", pontuou.

Leia mais

Em entrevista à imprensa, Jaques Wagner expressou sua confiança na vitória de Geraldo Júnior. Segundo o senador, o ex-presidente Lula irá participar da campanha do emedebista, mesmo que de forma remota, caso não possa estar presente fisicamente em Salvador devido a questões de agenda. "Ele vai gravar vídeos e participar do programa eleitoral, com certeza. Sobre a presença aqui, vai depender muito dos compromissos enquanto presidente, que ele não pode deixar", afirmou.

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Candeias Mix - Notícias de Candeias, Bahia e do Mundo