Arthur Maia proíbe presença de fotógrafo na CPMI do 8/1

Leia mais

O deputado federal Arthur Maia (União Brasil), proibiu a entrada do fotógrafo Lula Marques, que presta serviços para a Agência Brasil, em sessão da comissão Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do 8 de janeiro, a qual preside.

Leia mais

Na quinta-feira (24), Marques foi retirado do local por policiais legislativos. A justificativa para a expulsão e proibição foi a publicação de uma foto que ele fez, na qual uma conversa do senador Jorge Seif (PL-SC) com uma jornalista foi flagrada.

Leia mais

Na conversa registrada, a jornalista perguntava ao senador sobre a operação da Polícia Civil contra o filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), Jair Renan Bolsonaro, que é também assessor de Seif.

Leia mais

O senador estava escrevendo a mensagem quando a fotografia foi feita. O texto dizia que “refere-se à investigação e não condenação. E refere-se à data anterior à nomeação de Renan” como seu assessor.

Leia mais

Lula Marques publicou a imagem nas redes sociais dele dizendo ser a foto que “o presidente da comissão não gostou”.

Leia mais

O fotógrafo já fez registros desse mesmo tipo em outras ocasiões, inclusive do então deputado federal Jair Bolsonaro, durante votação na Câmara, e do então senador e agora deputado Aécio Neves (PSDB).

Leia mais

Gostou deste story?

Aproveite para compartilhar clicando no botão acima!

Visite nosso site e veja todos os outros artigos disponíveis!

Candeias Mix - Notícias de Candeias, Bahia e do Mundo