AstraZeneca admite erro de dosagem em vacina desenvolvida para Covid-19

0

A AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford está desenvolvendo uma vacina contra a Covid-19, porém o vice-presidente da empresa admitiu na última quarta-feira (25/11) que houve um erro de dosagem nos testes.

De acordo com o Estadão, a AstraZeneca afirmou na última segunda-feira (23/11) que a vacina que está desenvolvendo foi até 90% eficaz quando na verdade os voluntários receberam meia dose e, depois de um mês, uma dose inteira da vacina. Com isso, a eficácia caiu para 62% quando duas doses completas foram administradas.

A Astrazeneca informou tambem que o regime de meia dose foi o resultado de um erro de fabricação, que nem a empresa nem a Oxford mecionaram inicialmente em seus comunicados à imprensa anunciando os resultados.

Com o erro, cientistas independentes e funcionários do governo dos EUA disseram que os dados são mais uma prova de que as vacinas podem prevenir a Covid-19, mas também alertaram que a taxa de eficácia de 90% pode não se sustentar em análises posteriores.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.