64 mortes por dengue na Bahia em 2024

Por Redação
3 Min

A Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab) divulgou nesta quinta-feira (9/5) a nova atualização referente ao número de óbitos causados pela dengue no estado, totalizando 64 mortes. De acordo com os dados apresentados, a Bahia possui 197 municípios em situação de epidemia de Dengue, enquanto outros 95 estão em situação de risco e 82 em alerta. O último caso fatal foi registrado na cidade de Serrinha, localizada a 180 km de Salvador.

Continua depois da Promoção

A taxa de letalidade da dengue na Bahia, conforme os dados fornecidos pela Sesab, é de 2,7%, um índice considerado menor do que a média nacional. Dentre as 64 vítimas fatais da infecção, a distribuição dos casos foi identificada da seguinte forma: Vitória da Conquista (14), Jacaraci (5), Feira de Santana (4), Juazeiro (4), Encruzilhada (3), Piripá (3), Barra do Choça (2), Caetité (2), Coaraci (2), Palmas de Monte Alto (2), Santo Antônio de Jesus (2), Serrinha (2), Bom Jesus da Lapa (1), Caculé (1), Caetanos (1), Campo Formoso (1), Caraíbas (1), Carinhanha (1), Guanambi (1), Ibiassucê (1), Ipiaú (1), Irecê (1), Itaberaba (1), Luís Eduardo Magalhães (1), Macaúbas (1), Maraú (1), Santo Estevão (1), Seabra (1), Tanque Novo (1), Teolândia (1) e Várzea Nova (1). O registro mais recente de óbito foi feito em Serrinha.

Vitória da Conquista permanece como a cidade com o maior número de mortes e de casos confirmados, totalizando 28.658 registros. As cidades subsequentes na lista são Salvador, com 7.208 casos, e Feira de Santana, com 6.891 casos prováveis da doença.

Em relação a Salvador, a capital baiana foi retirada da lista de municípios em epidemia de dengue, conforme informações fornecidas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A cidade apresentou uma redução nos indicadores da doença, o que permitiu a atualização do panorama estadual.

Continua depois da Promoção

No mês de fevereiro, Salvador havia declarado epidemia de dengue. Contudo, comparando com o mesmo período do ano anterior, houve mais de 50% de queda no número de casos confirmados da doença.

Até a 18ª semana epidemiológica, abrangendo o período de 31 de dezembro de 2023 a 4 de maio de 2024, foram registrados 825 casos na capital baiana, contra os 1.772 casos registrados no ano anterior.

O cenário atual da dengue na Bahia continua preocupante, com um elevado número de municípios em estado de epidemia ou risco. As autoridades de saúde permanecem em alerta, buscando medidas para conter a propagação da doença e prevenir novas mortes.

Este texto foi adaptado com base nas informações divulgadas pela Secretaria Estadual de Saúde da Bahia e pela Secretaria Municipal de Saúde de Salvador, com o intuito de informar a população sobre a situação da dengue no estado.

Compartilhe Isso
- Advertisement -