Novo Centro de Referência em Planejamento Reprodutivo no Subúrbio de Salvador promove maternidade

Por Redação
4 Min

A inauguração do Centro de Referência em Planejamento Reprodutivo na Maternidade **Maria da Conceição de Jesus**, em Coutos, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, foi celebrada no último dia 8 de maio. O Centro representa um marco na estratégia regional coordenada pelo Ministério da Saúde e pelo Fundo da População das Nações Unidas (UNFPA), com o apoio dos governos estaduais e municipais das regiões onde as unidades estão sendo implementadas.

Continua depois da Promoção

O serviço oferecido no Centro inclui a implantação de métodos contraceptivos de longa permanência, bem como formação, assistência técnica, insumos e atuação como multiplicador. Além disso, o Centro funcionará como ponto de referência para a capacitação de profissionais e serviços de saúde na Bahia, com o objetivo de melhorar o acesso e a qualidade dos serviços relacionados ao planejamento familiar na região do Subúrbio Ferroviário.

O subsecretário de Saúde, **Paulo Barbosa**, ressaltou a importância do ato de inauguração, destacando que faz parte das ações articuladas como políticas de Estado, envolvendo as secretarias de Saúde, de Promoção da Igualdade Racial e dos Povos e Comunidades Tradicionais, e de Educação.

“Essa iniciativa busca conscientizar todas as jovens e mulheres sobre o direito e o acesso a métodos contraceptivos para um planejamento familiar adequado. A parceria estabelecida com a ONU resultou na formação de uma equipe treinada e na disponibilização de equipamentos para a implantação de métodos contraceptivos seguros e eficazes”, afirmou o subsecretário de Saúde.

Continua depois da Promoção

Um dos focos do Centro é a prevenção da gravidez precoce, principalmente as indesejáveis. **Paulo** ressaltou a urgência de medidas para evitar essas gestações, que têm impacto direto na saúde das mulheres, tanto do ponto de vista psicológico quanto social. A gravidez precoce está associada a uma maior taxa de mortalidade materna e neonatal, além de levar muitas jovens a buscar métodos abortivos inseguros, o que sobrecarrega o sistema de saúde.

Para **Natalia Kanem**, os benefícios da iniciativa se refletem na melhoria dos resultados maternos, na redução dos abortos e no fortalecimento da dignidade das mulheres, garantindo seus direitos humanos. Além do Brasil, 15 outras nações da América Latina e do Caribe participam do programa. No Brasil, além da Bahia, os estados de Rondônia, Pernambuco, Pará e Amapá também foram contemplados.

O diretor-geral da Maternidade **Maria da Conceição de Jesus**, **Amado Mizarala**, explicou que o público-alvo do Centro são as gestantes atendidas na unidade, a maioria residente no Subúrbio Ferroviário. O objetivo é oferecer às mulheres que passam pelo parto ou abortamento na maternidade o acesso a métodos contraceptivos de longa duração, como o Dispositivo Intrauterino (DIU), com duração de 10 anos, ou o implante, com duração de 6 anos, permitindo que elas engravidem quando desejarem. Equipes de saúde de várias cidades do estado serão treinadas na unidade e capacitadas para disseminar o conhecimento em outras localidades.

Dessa forma, a inauguração do Centro de Referência em Planejamento Reprodutivo na Maternidade **Maria da Conceição de Jesus** representa um avanço significativo na promoção da saúde reprodutiva e no planejamento familiar na região do Subúrbio Ferroviário de Salvador. A parceria com organismos internacionais e a abrangência do programa em vários estados do Brasil evidenciam a importância do trabalho conjunto para o bem-estar das mulheres e o desenvolvimento de políticas públicas eficazes nessa área.

Compartilhe Isso
- Advertisement -