Cresce número de pré-candidatos LGBTI+ em eleições municipais

Por Redação
3 Min

O Programa Voto Com Orgulho divulgou seu primeiro boletim, que mapeia pré-candidaturas LGBTI+ nas eleições municipais deste ano. A Aliança Nacional LGBTI+ cadastrou 150 pré-candidaturas em todo o País, sendo 132 de pessoas LGBTI+ e 18 de pessoas ligadas à causa. Dos 150 pré-candidatos, 147 são para vereadores e três para prefeito.

Cláudio Nascimento, diretor de Políticas Públicas da Aliança Nacional LGBTI+ e coordenador geral do Programa Voto Com Orgulho, informou à Agência Brasil que as pessoas que pretendem concorrer às eleições municipais podem se cadastrar no programa, que existe desde 2016. O objetivo do programa é estimular maior representatividade de pré-candidaturas LGBTI+ nas eleições, de caráter suprapartidário.

Nascimento comemorou o crescimento do número de pré-candidaturas em relação ao ano anterior, destacando que em abril de 2020 o número era inferior a 30. Ele ressaltou a importância de ter representantes da comunidade LGBTI+ nas eleições municipais, para garantir que os direitos e a cidadania sejam debatidos de forma adequada no Legislativo.

O cadastramento no Programa Voto Com Orgulho é voluntário e individual, podendo ser feito através do endereço disponibilizado. Os resultados finais serão divulgados até julho, coincidindo com as convenções dos partidos que confirmarão as candidaturas.

Toni Reis, presidente da Aliança Nacional LGBTI+, destacou que a organização irá apoiar todas as candidaturas ligadas à causa, oferecendo suporte em relação à violência política, notícias falsas e discursos de ódio. O programa é pluripartidário e busca ser uma rede de cooperação e solidariedade para o pleito eleitoral.

O boletim parcial revela que há uma maior concentração de pré-candidaturas LGBTI+ nas regiões Sudeste, Sul e Nordeste, com menor número nas regiões Centro-Oeste e Norte do país. São Paulo lidera com o maior número de pré-candidatos, seguido pelo Rio de Janeiro e Paraná.

Em relação aos partidos políticos, há uma distribuição variada de pré-candidaturas, com destaque para o PT, PSOL, PDT, Rede Sustentabilidade e PSB. Do ponto de vista político-ideológico, a maioria se identifica como de esquerda. Quanto à identidade de gênero e sexual, há uma diversidade representativa entre os pré-candidatos.

O Programa Voto Com Orgulho, coordenado pela Aliança Nacional LGBTI+ em parceria com outros grupos, visa garantir a representatividade da comunidade LGBTI+ nas eleições municipais. Com o apoio de diversas instituições, o programa busca promover a inclusão e a igualdade de direitos para todos os cidadãos.

Com informações da Agência Brasil.

Compartilhe Isso