Bolsonaro reúne milhares de apoiadores em ato pró-democracia no Rio de Janeiro

Por Redação
2 Min

Milhares de apoiadores lotaram a praia de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, na manhã deste domingo (21/4), para participar de um ato liderado por Jair Bolsonaro (PL). O ex-presidente convocou a manifestação com o lema de defesa da democracia.

Antes de Bolsonaro subir ao trio, Valdemar Costa Neto, presidente do PL, dirigiu-se aos presentes aguardando o ex-presidente. “Vocês tornaram o PL o maior partido do Brasil. Deus, pátria, família e liberdade”, declarou.

Participando do evento sem se encontrar com Bolsonaro, Valdemar respeitou a decisão de Alexandre de Moraes, que proibiu o contato entre investigados por tentativa de golpe de Estado para impedir a posse de Lula.

Os filhos de Bolsonaro, Carlos e Flávio, estavam no trio e, após a saída do presidente do PL, Bolsonaro tomou o microfone. Sua esposa e presidente do PL Mulher, Michelle Bolsonaro, permaneceu ao lado da vice-governadora do DF, Celina Leão e, em seguida, entoou o Hino Nacional junto ao marido.

Michelle foi a primeira a discursar no trio: “Uma mulher sábia edifica sua casa. Mulheres sábias edificam a nação. Estamos aqui para fazer uma política feminina e não feminista”, afirmou. Em seguida, conduziu a oração do Pai Nosso.

Bolsonaro convocou a manifestação ao alegar que o Brasil está próximo de se tornar uma ditadura. A fala do ex-presidente faz referência aos ataques do bilionário Elon Musk, dono do X (antigo Twitter), contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou a suspensão de diferentes contas na rede X por divulgação de fake news.

Compartilhe Isso
- Advertisement -