Lula convoca articuladores políticos do governo para reunião urgente

Por Redação
2 Min

O presidente Lula (PT) convocou os integrantes da área política do governo para uma reunião de emergência nesta sexta-feira (19), em Brasília. Segundo informações do portal g1 através do blog da Julia Duailibi, o encontro que deveria acontecer pela manhã – antes da cerimônia ao Dia do Exército, foi transferido para a hora do almoço.

Na reunião, estarão presentes Jaques Wagner (PT-BA), líder do governo no Senado; José Guimarães (PT-CE), líder do governo na Câmara; Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), líder do governo no Congresso Nacional; Alexandre Padilha, ministro das Relações Institucionais; Paulo Pimenta, ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social; e Rui Costa, ministro da Casa Civil.

Lula deve decidir quando e como vai receber o presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL), que pediu agenda com o presidente via Rui Costa. Em meio à crise com Lira, Lula liberou mais de 2,4 bilhões em emendas. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, que estava nos Estados Unidos, antecipou a volta para o Brasil. Embora tenha agenda em São Paulo, ele também pode participar da reunião emergencial.

Os líderes foram convocados por Lula diante da crise no Congresso e do avanço das chamadas pautas-bomba. Entre as preocupações do Planalto está a PEC do Quinquênio e a relação com Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara. Lira vem reclamando da articulação política do governo e chamou Padilha de incompetente durante uma entrevista coletiva. O presidente da Câmara também chegou a falar sobre a instalação de CPIs, embora tenha descartado a CPI do Judiciário.

O governo não está se preocupando com pautas de costume, que também estão avançando no Congresso. Por outro lado, o Planalto está atento à aprovação das pautas-bomba, que podem causar impacto fiscal nas contas públicas.

Compartilhe Isso
- Advertisement -