Roberta Roma vota contra o retorno do DPVAT

Por Redação
1 Min

A deputada federal Roberta Roma (PL) foi uma das parlamentares que votaram contra a volta do DPVAT, seguro obrigatório de danos pessoais por veículos automotores terrestres, que irá onerar ainda mais os bolsos dos motoristas baianos e brasileiros.

O custo adicional para o licenciamento veicular, que havia sido suspenso durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro, foi aprovado na Câmara Federal e agora retornará no governo de Lula.

“Sou contra mais este retrocesso na vida do cidadão que já enfrenta a cruel carestia dos alimentos e agora terá que desembolsar mais dinheiro para circular com seu carro”, afirmou a parlamentar baiana.

Segundo Roberta Roma, o governo de Lula não reduz seus gastos, mas está constantemente encontrando maneiras de aumentar as despesas do povo brasileiro através de impostos, taxas e agora o DPVAT. “Isso apenas atrasa nossa economia e freia o progresso do país”, enfatizou a deputada.

Compartilhe Isso
- Advertisement -