Cidadania mantém projeto de eleger dois quadros orgânicos

Por Redação
3 Min

O presidente do diretório do Cidadania de Salvador, Lourival Evangelista, afirmou, após o vereador Joceval Rodrigues formalizar seu pedido de desfiliação, nesta quarta-feira (3), que o partido mantém planos de eleger dois vereadores orgânicos em Salvador.

Continua depois da Promoção

“Com a saída de Joceval Rodrigues, o Cidadania continua com o projeto de eleger dois quadros orgânicos: tanto o presidente Municipal Lourival Evangelista quanto a presidente Estadual Isabela Souza. O partido deseja boa sorte ao agora livre Joceval Rodrigues”, declarou Lourival ao OFF News.

Lourival Evangelista ressaltou que a escolha de candidatos orgânicos faz parte da estratégia do partido para fortalecer sua presença na política local. Ele destacou que a saída de Joceval Rodrigues não altera os objetivos traçados pelo Cidadania, que segue determinado a buscar representantes comprometidos com os valores da legenda.

O presidente Municipal também enfatizou que a decisão de Joceval Rodrigues de deixar o partido foi respeitada e que o diálogo sempre foi uma marca da atuação do Cidadania. Segundo Lourival Evangelista, a democracia interna é um dos pilares da legenda e a liberdade de escolha dos filiados é um direito que deve ser preservado.

Continua depois da Promoção

Isabela Souza, presidente Estadual do Cidadania, manifestou apoio à posição de Lourival Evangelista e reiterou o compromisso do partido em seguir com seus planos de eleger vereadores que estejam alinhados com os princípios e ideais da legenda. Ela destacou a importância de fortalecer a representatividade política dos cidadãos e a necessidade de renovar o cenário político local.

A saída de Joceval Rodrigues do Cidadania representa uma mudança na composição partidária, mas não afeta a determinação do partido em buscar candidatos que possam contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. O desafio de eleger vereadores orgânicos em Salvador continua sendo uma prioridade para a legenda.

O processo de escolha dos candidatos que vão concorrer nas eleições municipais será pautado pela transparência e pela participação dos filiados, conforme ressaltou Lourival Evangelista. O Cidadania está empenhado em promover uma campanha eleitoral ética e propositiva, que dialogue com as demandas da população e apresente soluções para os problemas enfrentados pela cidade.

Em meio a um cenário político marcado por polarizações e confrontos, o Cidadania busca se destacar como uma alternativa que valoriza o diálogo e a construção de consensos. A atuação política do partido é pautada pela defesa da democracia, dos direitos humanos e da justiça social, valores que norteiam suas ações e propostas.

Compartilhe Isso
- Advertisement -