Novo PAC vai beneficiar Bahia com 15 ambulâncias do SAMU 192

Por Redação
3 Min

Dentro dos investimentos do novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC), eixo Saúde, onze cidades da Bahia vão ser beneficiadas com 15 novas ambulâncias, sendo 10 unidades do suporte básico e cinco unidades de suporte avançado. Somadas, as ações vão elevar a cobertura nacional do serviço de atendimento móvel de urgência de 87% para 93% da população.

Continua depois da Promoção

Apenas na modalidade SAMU 192, o Novo PAC Saúde vai doar 350 novas ambulâncias para 14 estados, de todas as regiões brasileiras. Com isso, 5,8 milhões de pessoas passarão a receber cobertura do serviço de atendimento às chamadas de emergência relacionadas a situações de saúde, acidentes e outros eventos que exijam assistência médica imediata.

Em relação à construção de Centrais de Regulação de Urgências equipadas com ambulâncias, serão contemplados 14 municípios, de 8 estados. Essas Centrais têm a função de coordenar e de regular as unidades móveis do SAMU na região onde estão inseridas. O investimento total é de R$ 112,8 milhões, sendo o valor unitário por Central de R$ 3 milhões e o valor médio por ambulância, de R$ 378 mil.

As ações do Novo PAC Saúde estão beneficiando diversas regiões do país, com foco na melhoria do atendimento de urgência e emergência. As ambulâncias doadas representam um avanço significativo na ampliação do acesso da população a esse serviço essencial.

Continua depois da Promoção

As 15 novas ambulâncias que serão destinadas às onze cidades da Bahia são parte de um conjunto de medidas que visam melhorar a qualidade e a eficiência do serviço de atendimento móvel de urgência. Com esses novos veículos, a expectativa é de que a cobertura do SAMU nessas localidades seja ampliada, garantindo um atendimento mais rápido e adequado às necessidades da população.

O investimento do Novo PAC na área da saúde também prevê a doação de 350 novas ambulâncias para 14 estados, o que irá beneficiar milhões de pessoas em todo o país. Essas ambulâncias, tanto as de suporte básico quanto as de suporte avançado, serão fundamentais para o atendimento de situações de emergência e para o transporte seguro de pacientes.

Além disso, a construção de Centrais de Regulação de Urgências equipadas com ambulâncias em 14 municípios de 8 estados é uma medida essencial para garantir a eficiência do serviço prestado pelo SAMU. Essas Centrais serão responsáveis por coordenar e regular as unidades móveis, garantindo uma resposta rápida e adequada às demandas de atendimento de urgência.

O investimento total de R$ 112,8 milhões demonstra o compromisso do governo com a melhoria da saúde pública e com o atendimento de qualidade à população. Com as ações do Novo PAC Saúde, a expectativa é de que mais pessoas tenham acesso a um atendimento de urgência de qualidade, contribuindo para salvar vidas e garantir o bem-estar da população brasileira.

Compartilhe Isso
- Advertisement -