Rascunho automático

Prefeita de Morro do Chapéu filiada ao PDT pode se unir a Jerônimo.

Por Redação
3 Min

A prefeita de Morro do Chapéu, Juliana Araújo, que se filiou na semana passada ao PDT, não descarta aderir à base do governador Jerônimo Rodrigues (PT). Ao ser questionada sobre a possibilidade, a pedetista evitou responder de forma direta. “Eu vou estar onde o coração da minha cidade estiver. Estarei ao lado de quem ajudar Morro do Chapéu”.

Continua depois da Promoção

Juliana tem uma relação política de proximidade com o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ângelo Almeida (PSB), que é deputado estadual licenciado. Ângelo, inclusive, convidou a prefeita a ingressar no partido dele, que é da base de Jerônimo.

“Eu tenho um carinho muito grande por Ângelo, é um deputado que nos ajuda muito. Mas o deputado estadual Pedro Tavares (União) também nos ajuda. Assim como o nosso líder maior, deputado federal Elmar Nascimento (União), e o deputado federal Félix Mendonça Júnior, presidente do PDT da Bahia. Estou preocupada neste momento em fazer a gestão. E eleição estadual é só em 2026”, argumentou.

Juliana Araújo também foi convidada por Elmar a ingressar no União Brasil, mas optou pelo PDT pela relação antiga de amizade e proximidade com Félix e pelo fato de o pai dela, o ex-deputado federal José Carlos Araújo, ser hoje um pedetista e vice-presidente da sigla na Bahia. “Era um namoro antigo, de modo que é uma casa que não é tão nova assim para mim”.

Continua depois da Promoção

Juliana foi eleita em 2020 pelo PL. Agora, vai disputar a reeleição de outubro no PDT. O ato de filiação aconteceu no último dia 21, num espaço de eventos de Morro do Chapéu e que contou com as presenças de Elmar, Félix, Pedro Tavares, do deputado federal Leo Prates (PDT) e do deputado estadual Júnior Nascimento (União), além de prefeitos e vereadores. Na mesma ocasião, o vice-prefeito do município, Vitor Araújo, ingressou no União Brasil.

Vale frisar que, embora o PDT seja oposição a Jerônimo, os prefeitos do partido apoiam o governador, a exemplo dos gestores de Euclides da Cunha, Luciano Pinheiro, e de Araci, Keinha de Jesus.

Compartilhe Isso
- Advertisement -