Presidente do PL é preso em flagrante pela PF por porte ilegal de arma

Redação Redação 13559 vistos
1 Min

A Polícia Federal prendeu, em flagrante, o presidente do PL Valdemar Costa Neto, nesta quinta-feira (8), por porte ilegal de arma de fogo. Ele era alvo de um mandado de busca e apreensão em uma ação que apura a tentativa de golpe de Estado e abolição violenta do Estado Democrático de Direito.

Costa Neto foi flagrado com uma arma com registro irregular. Ao todo, a PF cumpre 33 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão preventiva.

Foram presas dois ex-auxiliares do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL): o ex-assessor para Assuntos Internacionais da Presidência Filipe Martins e o ex-ajudante de ordens coronel Marcelo Câmara.

O major do Exército Rafael Martins Oliveira, que atuou no batalhão de Forças Especiais da corporação, também foi preso preventivamente.

Compartilhe Isso
- Advertisement -