PT Bahia planeja atos em memória de Marcelo Arruda

0
Foto: Arquivo Pessoal

A Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) da Bahia decidiu que vai dialogar com partidos de esquerda, da base aliada, movimentos sociais e sociedade civil organizada para construção de atos e ações políticas contra a cultura da violência e em memória de Marcelo Arruda, guarda municipal e tesoureiro do PT assassinado no último domingo (10) por um bolsonarista em Foz do Iguaçu, no Paraná.

“Nosso objetivo é reunir o campo democrático pela realização de eleições livres, com direito a manifestação política independente e o pleno exercício da cidadania a todos os baianos”, destacou o presidente estadual da legenda, Éden Valadares.

O dirigente petista afirmou ainda que a intenção é advertir os órgãos competentes sobre a escalada da violência nas eleições a fim de evitar mais episódios como o ocorrido no pleito deste ano.

“Também buscaremos alertar e solicitar atenção especial das autoridades – Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Ministério Público (MP), Secretaria de Segurança Pública, dentre outros, para a garantia de um processo eleitoral sem violência. A Bahia não pode e não se curvará ao extremismo”, destacou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.