Privatização da Petrobras ‘dificilmente vai para frente’, diz Bolsonaro

0

 

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou, nesta segunda-feira (6), que a privatização da Petrobras ‘dificilmente vai para frente’. O mandatário sinalizou, no entanto, que a desestatização da empresa é uma possibilidade dentro de quatro anos. A declaração foi dada durante entrevista ao canal Agro Mais, da Band.

“A privatização da Petrobras é muito difícil. Conversei com o ministro de Minas e Energia [Adolfo Sachsida], ele tem essa intenção, deu o pontapé inicial, mas dificilmente isso vai para frente.”, disse o presidente.

“Ocorrendo tudo certo, depois de uns quatro anos. E você tem que modular isso aí. Você não pode simplesmente… quem pagar mais vai levar, você hoje tem o monopólio aqui dentro, teria outro monopólio privado fora”, completou.

Em seu primeiro discurso à frente do Ministério de Minas e Energia, em 11 de maio, o ministro Adolfo Sachsida afirmou que sua prioridade no cargo será facilitar a privatização da Petrobras. Sachsida recebeu a chancela do titular da pasta da Economia, Paulo Guedes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.