“Serei o governador da surpresa, da vitória e do sucesso”, afirma Jerônimo

0

No evento de lançamento da sua pré-candidatura ao Governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT) afirmou que a Bahia não pode recuar e que as eleições estaduais mostrarão que existem dois grupos no estado: “o grupo que nos deixou no atraso por muito tempo” e que “está do lado do bolsonarismo” e o “time da esperança”, do qual ele faz parte junto a Lula, Rui Costa e Jaques Wagner. Jerônimo também disse que quer “carregar os sonhos de 15 milhões de baianos e baianas”.

O pré-candidato a governador ainda ressaltou que “o povo brasileiro vai saber separar o joio do trigo” e afirmou que, assim como Rui Costa e Jaques Wagner, ele será “o governador da surpresa, da vitória e do sucesso”.

“Eu quero carregar, como Wagner carregou, como Rui está carregando, os sonhos de quinze milhões de baianos e baianas. Nós não vamos, presidente Lula, deixar que na Bahia, aconteça o que aconteceu no Brasil. […] Os nossos sonhos não podem andar para atrás, a Bahia não pode recuar, as eleições de 2022 vão mostrar a Bahia, dividida em dois grupos: um grupo que nos deixou no atraso por muito tempo. É o grupo do atraso, é o grupo das pessoas que trabalham com ódio, que não tem coragem de assumir o presidente deles, esses estão do lado do bolsonarismo. O time de cá presidente, é o time do sonho, é o time da esperança, é o time daqueles que acreditam diariamente”, ressaltou o pré-candidato a governador Jerônimo Rodrigues.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.