TRE-BA celebra parceria com o WhatsApp para atender aos cidadãos

0

 

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) firmou parceria com o aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp para ampliar o atendimento ao público no contexto das Eleições de 2022. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (30/3), na coletiva de imprensa realizada pelo presidente do TRE-BA, desembargador Roberto Frank, e pelo diretor de políticas públicas do WhatsApp no Brasil, Dario Durigan. O evento aconteceu na Sala de Sessões do Eleitoral baiano, em Salvador.

O objetivo da parceria, sem ônus ao orçamento do Tribunal, é ampliar o acesso do público externo aos serviços da Justiça Eleitoral e, consequentemente, à robô Maia, do Núcleo de Atendimento Virtual ao Eleitor (NAVE). O TRE-BA é o único eleitoral do país a realizar atendimento por este aplicativo de mensagens.

De acordo com o presidente Roberto Frank, a associação do WhatsApp ao Eleitoral baiano aumentará significativamente o acesso aos serviços que já são disponibilizados ao público de forma virtual.

“Entender as mudanças sociais e encontrar caminhos para estarmos mais próximos dos cidadãos, oferecendo o que existe de mais moderno, faz parte dos pilares de inovação de nossa gestão. É por isso que depois de quase um ano de negociação temos o prazer de anunciar à imprensa e a todos os baianos a celebração desta parceria gratuita, amparada pelo desejo legítimo de implementar as melhores práticas no serviço público”, declarou o presidente.

Para o diretor de políticas públicas do WhatsApp no Brasil, Dario Durigan, a parceria reforça o compromisso do WhatsApp com a democracia brasileira e os processos eleitorais no país.

“As Eleições brasileiras de 2022 são as mais importantes do mundo para o WhatsApp, que reconhece a importância do Brasil e os seus desafios. O canal oficial do TRE-BA faz parte das iniciativas do aplicativo para conectar usuários com fontes confiáveis de informações, além de facilitar o acesso aos serviços prestados pela Justiça Eleitoral na Bahia. O TRE da Bahia é o primeiro tribunal a ter essa parceria direta conosco com serviços disponibilizados a todos. É um exemplo. É inovador. Nós não poderíamos deixar de prestigiar e sermos parceiros aqui nesse dia”, ressaltou o executivo.

ACESSO AO SERVIÇO

Durante a coletiva, foi feita uma demonstração do acesso à Maia pelo WhatsApp.

Para acessar o serviço do TRE-BA pelo WhatsApp, basta o eleitor adicionar em sua agenda telefônica o número oficial do Tribunal (71) 3373-7000. Por meio do aplicativo de mensagens, além de obter auxílio para os serviços eleitorais – a exemplo do alistamento (1º título), atualização e revisão de dados cadastrais – o eleitor terá ferramentas educativas, como orientações sobre desinformação, e também inclusivas, como link direto para videochamada de atendimento aos eleitores surdos. Abaixo, os principais serviços:

-Título de Eleitor (Emissão de 1ª via, Consulta à situação eleitoral, Consulta ao local de votação),

-Emissão de 2ª Via do Título de Eleitor, Regularização da situação eleitoral, Revisão de dados cadastrais);

-Emissão de Certidões (Quitação Eleitoral, Crimes Eleitorais, Filiação Partidária, Negativa de Alistamento);

-Mesários (Inscrição para ‘Mesário Voluntário’, Consultar convocação, Verificar autenticidade de Carta de convocação, Baixar Manual do Mesário, Aplicativo Mesários);

-Justificativa (Dia da Eleição / Depois da Eleição);

-Multa Eleitoral (Consultar existência de multas / Pagamento de multas)

-Pagamentos e ressarcimentos (Quitação Eleitoral, Ausência às urnas, Ausência aos trabalhos como mesário, entre outros);

-Denúncias, reclamações e elogios;

-Combate à Desinformação – Fato ou Boato;

-Protocolos de segurança contra a Covid-19.

NOTIFICAÇÕES

Entre as novidades nos serviços prestados pelo TRE-BA via WhatsApp está a notificação ativa de eleitores e mesários. Com a nova funcionalidade, o Eleitoral baiano poderá enviar mensagens sobre eventos, como agregação e distribuição de Seções Eleitorais, transferência temporária de eleitor (troca de seções) e alteração temporária do local de votação. A robô Maia no WhatsApp também traz em seu menu o link “Fato ou Boato”, conteúdo detalhado sobre o enfrentamento à desinformação.

O diretor Dario Durigan explicou que o novo serviço não consiste em disparo de mensagem em massa, o que é ilegal, mas de uma integração legítima, que acontece com o consentimento dos usuários e está em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados e toda a legislação brasileira.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.