Rui Costa prevê que Jerônimo Rodrigues vai liderar pesquisas a partir de maio

0

O governador Rui Costa (PT) previu hoje (30) que o pré-candidato petista ao governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues, atual secretário estadual de Educação, vai estar na frente nas pesquisas em maio. “Quando chegar em maio, quando fizer a pesquisa veiculando o nome de Jerônimo ao do ex-presidente Lula (PT), já estaremos na frente. Hoje, quando há essa veiculação, já ficamos empatados com o outro candidato”, afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole.

Sem citar o nome do adversário, o chefe do Executivo estadual voltou a associar o pré-candidato do União Brasil a governador, ACM Neto, e o vice-governador João Leão (PP), postulante ao Senado na chapa do ex-prefeito, ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Vejo gente esconder de forma envergonhada, dissimulada, quais são suas relações políticas, com quem está alinhado. Vão na rádio dar entrevista e não assumem. Tentam esconder do povo que controlam todos os cargos federais, ajudaram Bolsonaro a aprovar todos os projetos que levaram o Brasil à situação em que se encontra”, afirmou Rui Costa.

O governador disse que o rompimento com o PT teve como lado positivo o fato de que “separou o joio do trigo” na política baiana. “Vamos deixar as coisas claras para o povo da Bahia. Vamos mostrar que eles foram contra as cotas, contra que o povo entrasse na universidade. Eles tentam esconder tudo que fizeram, mas vamos mostrar”. Ele acusou ainda os adversários de controlarem o orçamento secreto de R$20 bilhões “em proveito próprio”.

Rui Costa declarou também que sentiu “tristeza e decepção” com a decisão de João Leão de romper com o governo. “Eu disse a ele que achava legítimo ele quer ser candidato a governador. Disse que não achava legítimo ele mudar a camisa do time aos 45 minutos do segundo temo”, frisou. O petista voltou a dizer que a decisão de Leão foi motivada pelo PP nacional.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.