Ex-mulher de Bruno Reis é afastada do cargo em hospital após não se vacinar contra Covid-19

0

A médica Soraya Santos, ex-mulher do prefeito de Salvador Bruno Reis, foi afastada do Hospital Geral Roberto Santos, na capital do estado, por se recusar a tomar o imunizante contra a Covid-19. A oftalmologista atendia no hospital estadual desde 2011.

Segundo a Folha de São Paulo, inicialmente, Soraya havia sido penalizada com uma suspensão de 90 dias, prorrogável pelo mesmo período, qual o Governo do Estado espera que ela seja imunizada.

Além de recusar a vacinação contra a Covid-19, Soraya Santos não aprova a vacinação dos dois filhos. O prefeito Bruno Reis se tornou alvo de cobranças referente à proteção das crianças desde que esta informação começou a circular.

“Já tenho uma filha vacinada. Tenho outros dois filhos, em idade de vacinação, que a mãe, com quem eles moram, que é médica, é contra a vacina. Venho manifestando a minha opinião favorável, que é o que me cabe fazer nesse momento. Caso não a convença, só me cabe respeitar”, explicou o gestor.

Em suas redes sociais, Soraya não esconde o seu posicionamento, fazendo críticas às vacinas. A médica também defende o uso de medicamentos sem eficácia no tratamento da doença, como a hidroxicloroquina.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.