Presidente Jair Bolsonaro confirma reajuste de 33,24% no salário dos professores

0
Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro anunciou através de suas redes sociais, nesta quinta-feira (27), que o reajuste no salário dos professores da Educação Básica será de 33,24%. Com o aumento, o piso nacional da categoria passará de R$ 2.886 para R$ 3.845.

“É com satisfação que anunciamos para os professores, da Educação Básica, um reajuste de 33,24% no piso salarial”, escreveu Bolsonaro em uma rede social.

O Ministério da Educação anualmente anuncia o reajuste salarial aos professores, com base na Lei do Piso do Magistério. O último aumento ocorreu em 2020 – desde então, estava congelado. Na quarta-feira à noite (26), o presidente já havia sinalizado o valor para apoiadores no Palácio da Alvorada.

“Eu vou seguir a lei. Os governadores não querem os 33%. Eu vou dar o máximo que a lei permite, que é próximo disso”, afirmou Bolsonaro.

Governadores e prefeitos já haviam reclamado que esse aumento pode causar um rombo nas contas públicas, já que são eles que arcam com os salários dos dois milhões de professores da Educação Básica pública. De acordo com levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o reajuste de 33% pode provocar um impacto de R$ 30 bilhões apenas nos cofres municipais.

O governo federal ainda estudava alterar as regras para o reajuste do piso nacional do magistério, porém essas modificações ainda não foram oficializadas.

Após o anúncio do Presidente Jair Bolsonaro, o Ministério da Educação explicou, em nota, como foi estabelecido o reajuste.

“A definição do valor acontece após estudo técnico e jurídico do MEC que analisou a matéria e permitiu a manutenção do critério previsto na atual Lei 11.738 de 2008”, pontuou a pasta.

Segundo a Secretária de Educação Básica (SEB), vinculada ao ministério, mais de 1,7 milhão de docentes serão beneficiados pelo reajuste em todo o país.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.