Vereador procura polícia após boato de que ficou com pênis preso a mulher

0

O vereador Valter Rodrigues (PP), conhecido como Piriquito da Água, da Câmara Municipal de Santo Amaro, no Recôncavo Baiano, registrou um boletim de ocorrência por difamação na delegacia da cidade após circular na cidade um boato de que ele ficou com o pênis preso a uma mulher.

Em mensagens compartilhadas em grupos de WhatsApp, moradores afirmaram que o parlamentar foi parar no hospital após ficar com órgão genital preso a uma mulher.

Por meio de suas redes sociais, o vereador negou o fato e disse que “estão sendo tomadas as devidas providências judiciais”. De acordo com a assessoria do parlamentar, “as notícias são totalmente falsas, sem qualquer conexão com a realidade e que, claramente, possuem o único e nefasto objetivo de causar prejuízo à imagem do Sr. Piriquito”.

Ainda em nota, a assessoria do vereador do PP destacou que “vale lembrar que a produção e divulgação (inclusive de quem compartilha em redes sociais, como o WhatsApp) de informação falsas com intuito difamatório é crime previsto no art. 139 do Código Penal, que prevê, inclusive detenção de até um ano a quem o comete, podendo gerar, ainda, responsabilidade civil, através da respectiva indenização por danos”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.