Bolsonaro diz que atos no 7 de Setembro defenderão ‘liberdade de expressão’

0
Foto: Antônio Cruz / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta segunda-feira, 30, em mais uma nova convocação para os atos bolsonaristas de 7 de Setembro, que as manifestações programadas para o feriado terão como pauta a “liberdade de expressão” e a defesa do voto impresso.

Na ocasião, Bolsonaro fez novas críticas aos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal). Barroso também preside o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

“Essa [manifestação] agora, a grande pauta vai ser a liberdade de expressão. Não pode uma pessoa do STF e uma do TSE se arvorarem agora como as donas do mundo e que tudo decidem no tocante a esse ponto, liberdade de expressão”, disse Bolsonaro, durante entrevista uma rádio de Goiás.

As convocações bolsonaristas para os atos de 7 de Setembro substituíram palavras de ordem com mensagens anticonstitucionais e autoritárias por termos que dão um verniz democrático às manifestações, mobilizadas a partir da retórica golpista de Bolsonaro.

A mudança de tom na comparação com atos anteriores —alguns dos quais viraram alvos de investigações do STF e de outros órgãos— domina postagens em redes sociais e falas públicas de organizadores.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.