Presidente da CPI, Renan Calheiros, diz não ver “risco” de Bolsonaro ser reeleito: “Sob nenhuma hipótese”

1
Foto: Divulgação

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) declarou nesta segunda-feira (23/8) que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não será reeleito “sob nenhuma hipótese”. Para Calheiros, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) – que investiga as ações e eventuais omissões do Governo Federal na pandemia – ajudou a diminuir a popularidade do chefe executivo.

“Só a partir do final da CPI vou, mais detalhadamente, tratar desse encaminhamento, mas avalio que, sob nenhuma hipótese, correremos o risco de ter a reeleição do presidente Jair Bolsonaro. O desespero dele é consequência disso”, afirmou o senador no 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da Abraji, em entrevista à jornalista Flávia Oliveira.

O senador atribuiu parte da queda de popularidade de Bolsonaro ao funcionamento da CPI da Covid. “A CPI cumpriu um papel importante nessa erosão de popularidade do governo. Não era isso que pretendíamos, mas vimos ao longo dos últimos meses uma completa erosão de popularidade”.

Calheiros ainda afirmou que os atos bolsonaristas convocados para 7 de setembro são uma reação ao temor de Bolsonaro de responder na Justiça pela forma que atuou — ou deixou de atuar — durante a pandemia de Covid-19. “Essa coisa de golpe, ameaça, insinuação, pode continuar a acontecer, mas muito em consequência do desespero do presidente, que na medida que vê a possibilidade de reeleição evaporar, teme ter de responder penalmente pelo que fez com o país no enfrentamento da pandemia”, completou.

1 comentário
  1. Edno Santana Diz

    Esse bandido corrupto do Renan Calheiros deveria estar na prisão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.