Fabricação de crise com STF afasta país de problemas reais, diz Gilmar Mendes

0
Após ser hostilizado em voo comercial, Gilmar Mendes usa avião da FAB
Foto: Agência Brasil

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), se manifestou neste domingo sobre a crise institucional do país, agravada na última sexta-feira com a entrega ao Senado, pelo presidente Jair Bolsonaro, de um pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes.

De acordo com o magistrado, o presidente Jair Bolsonaro é responsável pela “fabricação artificial de crises institucionais infrutíferas”. Na avaliação de Gilmar, atitudes como essa, de tensionamento entre os poderes, “afasta o país do enfrentamento dos problemas reais”.

“A fabricação artificial de crises institucionais infrutíferas afasta o país do enfrentamento dos problemas reais. A crise sanitária da pandemia, a inflação galopante e a paralisação das reformas necessárias devem integrar a agenda política. É hora de reordenar prioridades”, escreveu Gilmar Mendes em suas redes sociais.

Na sexta-feira, 20, Bolsonaro enviou ao Senado um pedido de afastamento do ministro Alexandre de Moraes. O pedido foi protocolado horas depois de uma operação da Polícia Federal (PF), solicitada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e autorizada por Moraes, mirar aliados do presidente – o cantor Sérgio Reis e o deputado Otoni de Paula (PSC-RJ).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.