Operação Posto Legal identifica bomba que fornecia combustível a menos

0
Foto: Divulgação

Um posto de combustíveis localizado em Salvador foi autuado por utilizar uma bomba que fornecia combustível a menos para o consumidor. Segundo a Secretaria da Fazenda (Sefaz), o bico empregado fornecia uma quantidade menor de combustível, superior a 100 mililitros a cada 20 litros. Além disso, a bomba apresentou um forte vazamento e acabou interditada.

Conforme o Sefaz, a operação Posto Legal abrangeu 20 postos de combustíveis em Salvador e Região Metropolitana, entre os dias 7 e 15 de agosto. As vistorias foram realizadas em Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Candeias, Simões Filho e em Dias D’Ávila.

De acordo com o Ibametro, órgão responsável pela verificação das bombas, no total foram reprovados 47 bicos por irregularidades diversas, a maioria de baixa gravidade. Sete bicos foram interditados para que os postos regularizem as pendências.

Durante a fase realizada em Salvador e Região Metropolitana foram identificadas ainda irregularidades como a venda de produtos fora do prazo de validade, falta de visibilidade do Código de Defesa do Consumidor, atraso no recolhimento da taxa Feaspol (Fundo Especial de Aperfeiçoamento dos Serviços Policiais) e utilização de máquinas de cartão de crédito pertencentes a outro estabelecimento, o que configura fraude fiscal.

A força-tarefa reuniu a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), o Instituto Baiano de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Ibametro), a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a Secretaria da Fazenda (Sefaz-Ba), as Polícias Militar e Civil, o Departamento de Polícia Técnica (DPT) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE).

As irregularidades nos postos de combustível localizados na Bahia podem ser denunciadas no disque denúncia do Posto Legal, nos telefones 3235-0000 (Salvador e RMS) e 181 (interior).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.