Bolsonaro diz que país chegou ao limite e que aguarda “sinalização do povo, para tomar providências”

0
Foto: Antônio Cruz / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro declarou na manhã desta quarta (14) que o Brasil “está no limite” e que aguarda uma sinalização da população para “tomar providências” sem deixar claro quais são.

“O Brasil está no limite. O pessoal fala que eu devo tomar providência, eu estou aguardando o povo dar uma sinalização. Porque a fome, a miséria e o desemprego estão aí”, disse. Em seguida Bolsonaro voltou a criticar o STF e falou que existe um “barril de pólvora” no país.

“Este pessoal amigo do STF, daqui a pouco vamos ter uma crise enorme aqui. Tem um barril de pólvora aí e tem gente de paletó e gravata que não quer enxergar. Eu não tô ameaçando ninguém, mas acho que em breve teremos um problema sério no Brasil. Dá tempo de mudar, é só usar menos a caneta e um pouco mais o coração”, comentou.

Por fim, Bolsonaro voltou a falar sobre a decisão do STF em permitir que prefeitos e governadores tomassem decisões sobre a pandemia nos estados. “Olha, quem fechou tudo, quem está com a política na mão não sou eu. Deram poderes aos prefeitos mais amplos do que eu poderia decretar, junto ao Parlamento, que é o estado de sítio”, disse.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange