Em carta enviada ao Senado, Chico Rodrigues disse que dinheiro escondido na cueca era para pagar funcionários

0


O senador Chico Rodrigues (DEM-RR), ex-vice-líder do governo Bolsonaro, pego com R$ 33 mil dentro da cueca e entre as nádegas, disse em mensagem enviada nesta segunda (19) aos senadores, que o dinheiro escondido seria usado para pagar funcionários.

“Num ato de impulso, protegi o dinheiro do pagamento das pessoas que trabalham comigo. Se levassem aquele dinheiro ninguém iria receber naquela semana” disse. A declaração foi orientada pela defesa do Senador que busca apoio dos colegas para evitar seu afastamento do cargo.

Segundo senadores ouvidos pelo portal G1, a declaração será questionada, pois Rodrigues precisará provar se a origem do dinheiro é lícita ou não.A continuidade de Rodrigues como Senador será julgada pelo STF na próxima quarta (21).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange