Acompanhe as últimas notícias da Cidade de Candeias na Bahia com credibilidade na informação sobre política, esportes e ações policias da região.

Professor é demitido de colégio em São José após aula com crítica a Bolsonaro; assista ao vídeo

Foto: Reprodução

Um professor de geografia foi demitido depois que um vídeo de uma aula, com críticas ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) e à escolha dos eleitores, viralizou na web. Ele era docente de uma escola particular, uma das mais tradicionais de São José dos Campos (SP).

A imagem foi gravada na última terça-feira (16) por um estudante sem o consentimento do professor. Na aula, o educador inicia o discurso tratando da eleição e faz criticas contra o presidente e as políticas de governo. A aula seria em uma classe de ensino médio.

“Já parou pra pensar que esse imbecil que ganhou porque foi a maioria que votou? Então foi democrático, certo? […] Mas sabe o que é pior? É quando a maioria que ganhar quer que a outra parte se f*. Se a maioria ganha e quer ajudar o resto, é uma coisa, mas quando a maioria ganha e quer que o preto se ferre, o pobre se ferre, o gay se ferre e a mulher se ferre, aí é pior que uma ditadura”, disse o professor aos alunos.

Em dois momentos do vídeo, que tem pouco mais de um minuto e meio, alunos tentam timidamente rebater o professor, mas ele não dá oportunidade.

O professor também citou o discurso da primeira-dama Michelle Bolsonaro na posse do presidente. “Lembra que a mulher dele foi lá, linda fazer discurso pra surdo? O que ele fez no dia seguinte? Ele excluiu a pasta que cuida dos direitos de todos os surdos”, disse.

Ele criticou quem achou ‘bonito’ o ato da esposa de Bolsonaro. “Sua mãe não pirou? O seu pai: ‘Olha a mulher do presidente fala até em libras’. Mas no dia seguinte ele foi lá e cortou”, concluiu.

O QUE DIZ A ESCOLA

Por meio de nota, o Poliedro, cuja unidade fica em região nobre de São José, informou que as diretrizes do colégio são amplamente esclarecidas no processo de contratação de professores e também durante as reuniões pedagógicas. “A instituição zela pelo ambiente de aprendizagem e estabelece regras para professores e alunos”, diz trecho.

De acordo com a assessoria de imprensa, as orientações incluem usar uma linguagem adequada ao ambiente acadêmico e também são feitas indicações explícitas sobre o não posicionamento político-partidário ou ideológico que possa provocar qualquer compreensão equivocada sobre aquilo que é conteúdo programático da disciplina e aquilo que é opinião do professor..

A nota diz ainda que independentemente do posicionamento pessoal do professor, a escola busca se manter dentro dos princípios e valores da instituição.

  1. Binho Santos
    Binho Santos Diz

    Não se pode mas falar nada.kd a democracia .Kd a liberdade de expressão.

    1. Bruno Cassiano
      Bruno Cassiano Diz

      Binho Santos sala de aula, não é lugar pra fazer militância política

    2. Binho Santos
      Binho Santos Diz

      Bruno Cassiano meu querido acredito que isso sempre existiu e necessário seja de qualquer lado partidário. Na minha época existia a matéria OSPB.hj não se tem mas.se agente não gosta da política e não fazer política alguém vai fazer por nós simples assim.

    3. Ismael D. Uzêda
      Ismael D. Uzêda Diz

      Liberdade de expressão vc tem da porta da rua.
      Dentro de setores privador/públicos ah normas.

    4. Ismael D. Uzêda
      Ismael D. Uzêda Diz

      E vc só esta achando ruim pq foi contra Bolsonaro que o professor estava falando, se fosse o contrário tava ai dando parabéns a escola. Hipocrisia da desgraça!

  2. Eldete Correia Souza
    Eldete Correia Souza Diz

    Olha a ditadura declarada

  3. Joelma Santos
    Joelma Santos Diz

    Achei pouco se estava nas normas da escola porque foi tentar influência os alunos? Política, religião e futebol fica pro lado de fora da escola. Parabéns a escola

  4. Roque Silva
    Roque Silva Diz

    Está chegado a ditadura, vamos vigiar

  5. Maurício Silva
    Maurício Silva Diz

    quer formar militantes? faça isso fora do ambiente escolar.

  6. Kaíke Santanna
    Kaíke Santanna Diz

    os mesmos q tão falando de ditadura… acharam bom Maria do Rosario Censurar Danilo Gentili kkkkk

  7. EErnane Alves Barbosaa
    EErnane Alves Barbosaa Diz

    Falar mal do melhor presidente que o Brasil já teve. É inveja pura!

  8. Bruno Cassiano
    Bruno Cassiano Diz

    Já foi tarde

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.