2024: ano da virada do PT Bahia nas eleições municipais

Por Redação
5 Min

As principais lideranças do PT Bahia destacaram, no ato político realizado nesta sexta-feira (14), na Conferência Eleitoral do Partido, que a legenda terá em 2024 o melhor desempenho das últimas eleições municipais. Estavam presentes o governador Jerônimo Rodrigues, o ministro Rui Costa, o senador Jaques Wagner e o presidente do estadual da legenda, Éden Valadares, além de parlamentares, prefeitos, pré-candidatos e dirigentes estaduais e municipais. Também participaram do evento os pré-candidatos a vice-prefeita e prefeito de Salvador, Fabya Reis, e Geraldo Júnior, respectivamente, e secretários de Estado. O primeiro dia da Conferência, realizada até este sábado (15), no hotel Fiesta, em Salvador, reuniu representantes de mais de 300 cidades.

Em seu discurso, o governador Jerônimo Rodrigues falou sobre o desafio de eleger mais mulheres, jovens, indígenas e destacou a importância da renovação dos quadros e da construção de uma agenda no partido para formação de novas lideranças e de novos dirigentes. “Imagino aqui que nós faremos diversas prefeituras”, disse Jerônimo, ao ressaltar: “A gente não pode participar de um debate futuro sem construir uma pauta eleitoral aliada a um debate de formação de novas lideranças. Então que o Partido dos Trabalhadores possa se preparar para esse ambiente de governar agora em 2025. Eu tenho certeza que os novos prefeitos e as novas prefeitas governarão numa sintonia que é o que mais nós queremos: com Lula presidente e Jerônimo governador”.

O senador Jaques Wagner afirmou que é preciso aumentar o número de prefeituras do PT na Bahia toda. “Para conseguirmos isso, vamos nos abastecer de bons argumentos. Não adianta tentar disputar com o outro lado que trabalha com mentiras virtuais, pregando o ódio e a desordem na sociedade. Nosso jeito de fazer política é diferente. É de investir numa conversa do bem com o povo, apresentando nossas propostas, relembrando nosso legado e tudo de positivo que fizemos em nossos governos. Fizemos mais neste período que qualquer outro grupo político. Isso é fato. Temos muito serviço prestado e é com esta energia que vamos trilhar nosso caminho nas próximas eleições”.

No ato político, o ministro Rui Costa também falou sobre a importância da disputa de ideias, destacando que os pré-candidatos apontem os avanços das gestões do PT no estado e do presidente Lula e apresentem propostas para melhorar a vida da população nos municípios. “Isso será decisivo na campanha desse ano”, disse Rui, que destacou: “Governar uma cidade é cuidar das pessoas, é cuidar de gerar emprego, da saúde, da educação, das crianças, é a gente assumir o compromisso de que isso vai ser prioridade, que as crianças vão ter creche, que nossas escolas vão funcionar progressivamente em tempo integral, isso tudo nós temos que fazer para que a gente possa dobrar ou triplicar o número de prefeitos”.

O presidente Éden Valadares ressaltou que esta foi a maior Conferência Eleitoral da legenda. “Temos mais de 300 cidades representadas, nossos pré-candidatos e pré-candidatas, as direções municipais do PT, e com muita honra de poder contar, como costumo brincar, com nossos três governadores: o ministro Rui, o senador Wagner e o governador Jerônimo. Então é um momento de aprendizagem, com várias oficinas de como organizar campanha e fazer programa de governo. É um momento dos pré-candidatos colherem um pouco mais de aprendizado, mas também um momento de unidade política muito forte. O PT vem muito forte nessa eleição, diferente de 2016 e 2020 que foram difíceis para a esquerda, 2024 é o ano da virada para o PT e para a esquerda na Bahia. Vamos levar a estrela do PT para brilhar nos quatro cantos do estado, e nossa expectativa é mais do que dobrar o número de prefeituras”.

Compartilhe Isso