AL-BA realiza audiência pública sobre tiro esportivo com Diego Castro.

Por Redação
4 Min

A audiência pública com o tema “Tiro Esportivo: Debate sobre as Questões Jurídicas e Administrativas da Atividade na Bahia” foi promovida pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) na manhã desta quarta-feira (5), por iniciativa do deputado estadual Diego Castro (PL).

O encontro reuniu diversas figuras de destaque neste campo, como o deputado federal Capitão Alden, além dos parlamentares Ismael Alexandrino, de Goiás, e Paulo Bilynskyj, de São Paulo, este último participando remotamente.

Durante a audiência, Diego Castro fez comentários sobre a situação do tiro esportivo no país. “Vivemos em um cenário em que, lamentavelmente, a atividade do tiro esportivo vem sendo alvo de demonização, pois querem justificar o problema da violência transferindo a culpa aos CACs”, afirmou.

<p"Desejam plantar a ideia de que os clubes de tiro são locais opressores e inseguros, ou, como dizem, um QG de desordem social. Tentam, a todo custo, associar a imagem do colecionador à de um bandido", acrescentou Diego Castro.

<p"Tenho certeza de que, se uma pessoa sem conhecimento sobre o assunto visitar e conhecer melhor os clubes de tiro, mudará essa visão negativa que estão tentando atribuir a esses locais. O grande desafio, além de sensibilizar os poderes, é sensibilizar a sociedade", completou.

Além dos parlamentares, fundadores de clubes de tiro, como Francisco de Oliveira Santos, Angelo de Matos e Tiago Campinho Britto, entre outros, participaram do evento. A advogada Sandra Natalie Silva, especialista em Direito Público, também esteve presente, contribuindo com sua perspectiva jurídica sobre o tema.

Ainda segundo Diego Castro, a audiência pública “buscou abordar as diversas questões jurídicas e administrativas que envolvem a prática do tiro esportivo na Bahia, promovendo um debate amplo e informativo entre os participantes.

Na manhã desta quarta-feira (5), a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) promoveu uma audiência pública com o tema “Tiro Esportivo: Debate sobre as Questões Jurídicas e Administrativas da Atividade na Bahia”, por iniciativa do deputado estadual Diego Castro (PL). O encontro reuniu diversas figuras de destaque, como o deputado federal Capitão Alden, além dos parlamentares Ismael Alexandrino, de Goiás, e Paulo Bilynskyj, de São Paulo, este último participando remotamente.

Durante a audiência, Diego Castro fez comentários sobre a situação do tiro esportivo no país, lamentando a demonização da atividade e a tentativa de transferir a culpa pela violência aos CACs. Ele ressaltou a falsa associação dos clubes de tiro a locais opressores e inseguros, além de destacar a imagem negativa que estão tentando atribuir aos colecionadores. Segundo o deputado, é fundamental sensibilizar os poderes e a sociedade para desconstruir esses estereótipos.

Além dos parlamentares, fundadores de clubes de tiro como Francisco de Oliveira Santos, Angelo de Matos e Tiago Campinho Britto estiveram presentes, juntamente com a advogada Sandra Natalie Silva, especialista em Direito Público, que contribuiu com sua perspectiva jurídica sobre o tema. A audiência pública buscou abordar as diversas questões jurídicas e administrativas relacionadas à prática do tiro esportivo na Bahia, promovendo um debate informativo e amplo entre os participantes.

Compartilhe Isso
- Advertisement -