MDB e PSD devem unir-se na sucessão de Lira, afirma coluna

Por Redação
2 Min

Representantes do MDB e do PSD anunciaram que os dois partidos estabeleceram um acordo e decidiram caminhar juntos na disputa pela sucessão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). As informações foram divulgadas pela coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

As legendas atualmente possuem dois pré-candidatos: os líderes Antonio Brito (BA) e Isnaldo Bulhões Jr. (AL).

Segundo a publicação, membros das duas siglas afirmam que a intenção é ter um único candidato, porém a decisão final ainda não foi tomada. Os deputados das bancadas já foram informados sobre o acordo.

A coluna também menciona que os integrantes dos partidos planejam incluir o Podemos e o Republicanos nessa aliança, uma vez que todos fazem parte do mesmo bloco partidário na Câmara dos Deputados, contando com 146 deputados.

O desafio dessa união é atrair o Republicanos, visto que o presidente nacional do partido, Marcos Pereira (SP), também se lançou como candidato e não pretende desistir de sua postulação.

A eleição para a presidência da Casa está marcada para fevereiro de 2025 e a disputa ainda está em aberto. Lira não pode concorrer à reeleição e busca transferir seu apoio político a um candidato de sua preferência. Além dos três nomes mencionados, o líder da União Brasil, Elmar Nascimento (BA), também é pré-candidato.

Em suma, a formação de uma aliança entre o MDB e o PSD, e possivelmente com o Podemos e o Republicanos, promete trazer mais competitividade e articulação para a disputa pela presidência da Câmara dos Deputados.

Compartilhe Isso
- Advertisement -