Jerônimo inaugura Pedra Fundamental de indústria de fertilizantes em Irecê

Por Redação
4 Min

Na manhã desta sexta-feira (24), a Pedra Fundamental da nova unidade industrial de Irecê foi inaugurada na presença do governador Jerônimo Rodrigues. Com um investimento de R$ 340 milhões e o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a planta, que está instalada na área da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), irá produzir 350 mil toneladas de concentrado de fosfato por ano, destinado à fabricação de fertilizantes. A partir de 2006, a Bahia será responsável pela produção de 25% do insumo consumido em todo Norte/Nordeste do país, marcando um avanço significativo.

O presidente da CBPM, Henrique Carballal, afirmou que estão seguindo as orientações do governador Jerônimo Rodrigues para garantir uma mineração inclusiva e democrática que traga benefícios reais para o povo. Ele destacou a importância do respeito ao meio ambiente e da criação de um fundo para educação em cada projeto novo, como o de Irecê. “Por ano, mais de R$ 1,5 milhão serão depositados para desenvolver a educação da região. Estabeleceremos o regramento para que a população local indique onde esse recurso será aplicado”. Carballal aproveitou para convidar o presidente da Galvani para contribuir financeiramente e ampliar o valor do fundo.

O governador Jerônimo Rodrigues enfatizou que essa agenda vai além da produção de fertilizantes, abordando também aspectos fundamentais como a geração de empregos, renda e o combate à fome. Ele ressaltou que a economia será dinamizada e a produção de alimentos reforçada, destacando a importância da colaboração entre todos os envolvidos. “Cada personagem nesta história tem seus objetivos, mas devemos caminhar de mãos dadas, pois é assim que se faz uma boa política”, pontuou o governador.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ângelo Almeida, considerou a nova unidade industrial como um marco para os baianos, não apenas para os municípios da região. O Governo da Bahia traz esperança para o sertanejo por meio do estudo, desenvolvimento e ações de sustentabilidade. É assim que a Bahia avança rumo ao crescimento”, destacou Almeida.

O diretor-presidente da Galvani, Marcelo Silvestre, afirmou que este projeto reforça o compromisso da empresa com o desenvolvimento econômico e social das regiões onde atua, promovendo a segurança alimentar e fortalecendo a agricultura regional. Silvestre agradeceu o empenho da CBPM para a consolidação do projeto, ressaltando a complexidade e o esforço conjunto para concretizá-lo. “A diretoria da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral se envolveu conosco neste projeto desafiador. Agradeço a todos que tornaram isso possível”, concluiu.

Cooperação técnica

No mesmo evento, foi assinado um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) entre a CBPM e a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR) para a distribuição de 10 mil toneladas de calcário anualmente à agricultura familiar da região, doadas pela Galvani. O presidente da CAR, Jeandro Ribeiro, destacou que em Irecê existem 4500 cooperados, onde também está localizada a maior produtora de derivados de milho do Brasil. “Essa parceria entre o Governo do Estado, a CBPM, a Galvani e a agricultura familiar terá um impacto direto na vida dessas famílias. O calcário doado será um reagente natural do solo, potencializando a produção agrícola”, explicou Ribeiro.

Também foram assinados acordos de cooperação técnica com a Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) para a qualificação de mão de obra local, e com a Bahiagás para o uso eficiente de gás natural e práticas sustentáveis.

Compartilhe Isso
- Advertisement -