Governo do RS repassará R$ 500 mil para municípios em calamidade sem plano de trabalho

Por Redação
3 Min

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), anunciou neste sábado (18) que irá realizar um repasse de R$ 500 mil para os municípios que se encontram em estado de calamidade pública no estado. A liberação dos recursos ocorrerá sem a necessidade de os prefeitos enviarem um plano de trabalho.

A declaração foi feita durante a visita do governador à cidade de Lajeado, no interior gaúcho. “Vamos disponibilizar novamente esta semana R$ 500 mil para cada um dos municípios em calamidade, sem exigir plano de trabalho, sem exigir a apresentação de projeto. O prefeito está ciente de onde esses recursos devem ser aplicados”, afirmou Eduardo Leite.

A iniciativa tem como objetivo agilizar o repasse de recursos e simplificar o processo para as localidades que necessitam dos investimentos. As intensas chuvas no Rio Grande do Sul causaram deslizamentos e alteraram a geografia do estado. O número de mortos na tragédia já chega a 155.

Além disso, o governador informou que R$ 200 mil foram disponibilizados aos municípios já na primeira semana após as enchentes. De acordo com informações da CNN Brasil, mais de 130 municípios gaúchos solicitaram recursos ao governo federal. O montante aprovado para auxiliar as cidades chega a R$ 122 milhões.

Eduardo Leite também anunciou a previsão de seis meses para a reconstrução da ponte que conecta os municípios de Arroio do Meio e Lajeado, a qual foi destruída pelas chuvas. O governador afirmou que o edital para a obra será publicado na segunda-feira (20) e que a EGR – Empresa Gaúcha de Rodovias – será a responsável pela reconstrução.

“Há um compromisso da EGR em publicar o edital nesta segunda-feira e em contratar a empresa nos primeiros dias de junho para que a obra possa ser concluída em seis meses”, declarou o governador gaúcho. “Esta é a promessa da EGR.”

Atualmente, a ligação entre os municípios é feita por uma ponte provisória construída pelo exército. O prefeito de Arroio do Meio, Danilo José Bruxiel, estima que cerca de 4 mil pessoas utilizem a ponte diariamente.

Compartilhe Isso
- Advertisement -