Jerônimo encerra missão na Europa em reunião com entidades alemãs

Por Redação
3 Min

A Casa da Economia Alemã, sede de três entidades empresariais do país, sediou nesta sexta-feira (17) a visita da missão dos governos nordestinos, que está em agenda oficial na Europa desde o início da semana. O governador Jerônimo Rodrigues, que lidera a comitiva baiana, se uniu a outros governadores e representantes dos estados para discutir oportunidades de investimentos com empresas e entidades que investem ou intermediam capital alemão fora do país.

Do lado alemão, a Câmara da Indústria e Comércio Brasil-Alemanha (AHK), a Federação das Indústrias da Alemanha (BDI), a Agência Alemã de Cooperação (GIZ) e o Banco Nacional de Desenvolvimento da Alemanha (KFW), juntamente com empresas alemãs, se posicionaram para tratar com os integrantes do Consórcio Nordeste sobre oportunidades de investimentos e colaborações.

Durante as conversas, Jerônimo Rodrigues explicou aos dirigentes e empresários o que os estados nordestinos esperam da relação com o país. “Nós queremos intercambiar tecnologias e produtos, mas não viemos apenas com expectativa de nos apontarem caminhos. Estamos acompanhados de bancos e órgãos de fomento do nosso país, e a vinda do Consórcio Nordeste aqui é para promover esse intercâmbio de diferentes formas. De matéria-prima, mas também de produtos de valor agregado”, completou.

A governadora do Rio Grande do Norte e presidente do Consórcio Nordeste, Fátima Bezerra, apoiou o posicionamento do governador baiano e aproveitou para valorizar a posição estratégica da região brasileira. “A riqueza dos nossos ativos naturais coloca o Nordeste em lugar de liderança da transição energética no Brasil. E isso se fortalece com a volta da credibilidade e previsibilidade do Brasil na sua relação com o ambiente internacional”.

O encontro foi intermediado pela Embaixada do Brasil na Alemanha, com a participação do embaixador Roberto Jaguaribe. Além do Consórcio Nordeste, com representantes dos nove estados, entidades brasileiras como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil) também participaram da reunião.

Parcerias tecnológicas e diplomáticas

No último dia da missão oficial do Consórcio Nordeste na Europa, o grupo visitou uma das sedes do Instituto Fraunhofer, centro de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia que atua em mais de 80 países. As principais frentes de atuação do instituto foram apresentadas aos gestores nordestinos.

O grupo encerrou a agenda com uma reunião na sede da Chancelaria do Governo da Alemanha, onde foram recebidos pelo chefe da Assessoria de Assuntos Econômicos e Ambientais da chancelaria, Jörg Kukies, e pelo ministro-chefe da Casa Civil alemã, Wolfgang Schmidt.

Compartilhe Isso
- Advertisement -