Projeto propõe título de Capital Estadual do Bode para Uauá

Por Redação
2 Min

O deputado estadual Roberto Carlos (PV) apresentou um projeto de lei com o objetivo de transformar Uauá na Capital Estadual do Bode, o que tem potencial para trazer reconhecimento e impulsionar a economia da região. A proposição já está em tramitação nas comissões da Assembleia Legislativa, aguardando possíveis emendas.

Roberto Carlos destacou que Uauá, município baiano localizado no bioma caatinga, se destaca pela criação e produção de carne de bode de alta qualidade, impulsionando a economia local. Ele ressaltou que o bode, símbolo de resistência, adaptou-se ao clima hostil do semiárido nordestino, assim como os habitantes da região.

Para o deputado, a aprovação do projeto trará legitimidade à tradição local e fomentará o turismo, gerando emprego e renda para a cidade. Uauá já é reconhecida pela produção de caprinos na Bahia e a designação de Capital Estadual do Bode reforçaria essa posição.

Além disso, Uauá já é conhecida pela sua exposição agropecuária de caprinos e ovinos, evento que atrai visitantes de diversas partes do mundo. A festa, que dura cinco dias, inclui leilões, danças e pratos elaborados com carne de caprinos e ovinos, contribuindo para a movimentação econômica da região.

Roberto Carlos ressaltou que o norte da Bahia concentra a maioria dos rebanhos de caprinos do estado, com Uauá se destacando na criação e exportação de carne desses animais. O setor vive um bom momento, com um aumento significativo na produção de leite de cabra, gerando uma renda considerável para os pecuaristas locais.

Em 2023, a produção de leite de cabra teve um incremento de 72%, passando de 42,47 mil litros em 2022 para 71,47 mil litros em 2023. Isso resultou em uma renda de aproximadamente R$ 166 mil no último ano. A iniciativa de tornar Uauá a Capital Estadual do Bode visa valorizar a cultura local e impulsionar a economia da região.

Compartilhe Isso
- Advertisement -