ALBA aprova urgência para pedido de empréstimo do Governo Estadual.

Por Redação
2 Min

A solicitação de empréstimo de R$ 2 bilhões do governo do Estado foi aprovada com urgência pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) nesta quarta-feira (15).

A bancada de oposição e o deputado Hilton Coelho (Psol), do bloco independente da Casa, votaram contra o pedido.

O projeto não contempla um novo pedido de operação de crédito, mas sim a modificação da destinação de outro empréstimo, requerido ainda na gestão do ex-governador Rui Costa (PT), em 2015, junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD).

No decorrer da sessão, os parlamentares discutiram os impactos financeiros e a necessidade do empréstimo para a realização de investimentos no Estado. O governo argumentou que os recursos seriam aplicados em áreas prioritárias, como saúde, educação e infraestrutura.

A solicitação gerou debates acalorados entre os parlamentares, com críticas da oposição em relação à capacidade do governo de quitar a dívida e preocupações com a gestão dos recursos. Por outro lado, os apoiadores do projeto destacaram a importância dos investimentos para o desenvolvimento econômico e social da Bahia.

O deputado Hilton Coelho, em sua argumentação, ressaltou a necessidade de transparência na utilização dos recursos e sugeriu a criação de mecanismos de controle para garantir a correta aplicação do empréstimo.

Após intensos debates, a urgência para a votação do pedido de empréstimo foi aprovada, com a maioria dos votos a favor. O governo do Estado agora aguarda a decisão final da Alba para dar continuidade ao processo de obtenção do empréstimo e iniciar os investimentos planejados.

A votação do projeto reflete a importância do papel do Legislativo na aprovação de medidas financeiras que impactam diretamente a população. A transparência e o debate democrático são fundamentais para garantir a correta aplicação dos recursos públicos e o desenvolvimento sustentável do Estado.

Compartilhe Isso
- Advertisement -