Mulher é acusada de esfaquear cachorro em Boca da Mata; animal morreu

Por Redação
2 Min

Uma mulher foi acusada por vizinhos de dar sete facadas em um cachorro em situação de rua, na região de Boca da Mata, em Salvador. O cão não resistiu aos ferimentos.

Segundo informações iniciais, extraoficiais, uma mulher identificada como Romilda teria brigado com um vizinho que costumava cuidar do cachorro, que partiu para cima dela e a mordeu.

O caso chocou moradores da região de Boca da Mata, em Salvador, onde a violência contra animais tem sido cada vez mais frequente. A mulher acusada de esfaquear o cachorro, Romilda, foi levada pela polícia para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido.

Os vizinhos que presenciaram a cena afirmaram que o cachorro, apesar de estar em situação de rua, era bem cuidado por um morador local, que o alimentava e dava abrigo. A briga entre Romilda e o vizinho, que resultou na trágica morte do animal, deixou a comunidade consternada.

A polícia está investigando o caso e tentando reunir mais informações sobre o ocorrido, para que sejam tomadas as medidas cabíveis. Enquanto isso, a população local pede por justiça e maior fiscalização para evitar que atos de violência como esse se repitam no futuro.

É importante ressaltar a importância da conscientização sobre a proteção dos animais e a necessidade de denunciar casos de maus-tratos. A crueldade contra seres vivos, sejam eles animais ou humanos, não pode ser tolerada em nenhuma circunstância.

Compartilhe Isso
- Advertisement -