Homem é preso por utilizar pães e colchões para esconder celulares enviados a detentos na Bahia

Redação Redação 13637 vistos
2 Min

O funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviços ao Conjunto Penal de Feira de Santana, a 100 km de Salvador, foi preso na noite de domingo (26). Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), ele é suspeito de utilizar pães e colchões para esconder celulares que eram entregues aos internos da unidade.

O suspeito foi identificado como Marcelo Pereira dos Santos e admitiu o crime. Ele trabalhava no fornecimento de alimentação para o conjunto penal e, segundo a Seap, era monitorado há cerca de um mês.

As investigações mostraram que Marcelo contava com a ajuda de um interno que faz atividades laborativas na unidade, identificado como Alex Ferreira dos Santos. Marcelo entregava os aparelhos para Alex, que depois os repassava para os demais detentos.

O suspeito foi preso após uma vistoria na cela onde Alex estava. O primeiro celular encontrado estava escondido dentro de um travesseiro. Além deste aparelho, os policiais apreenderam mais cinco celulares. Ao todo, os itens foram achados nos seguintes locais:

1 celular escondido no travesseiro
5 celulares escondidos em uma caixa de descarga
6 carregadores
5 fones de ouvido
1 tela para celular
6 películas protetoras
Alex confessou à polícia que o material foi entregue pelo funcionário Marcelo. Todo o material foi apreendido e levado para a Polícia Civil.

O g1 tenta contato com a defesa dos acusados.

Compartilhe Isso
- Advertisement -