Mulher que atirou na estudante Cristal foi presa quatro vezes nos últimos três anos

Segunda envolvida na morte da estudante Cristal Pacheco confessa ter atirado por estar 'fora de si' e em 'abstinência da droga'

0

A mulher que efetuou o disparou que matou a estudante Cristal Rodrigues Pacheco, 15 anos, em Salvador, foi presa quatro vezes, nos últimos três anos, por furtos em shopping e supermercado, em Salvador. A mulher se apresentou no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHHP) e confessou ter disparado.

No histórico da mulher, que tem 28 anos, a primeira passagem ocorreu, em 2019, após um furto no Shopping Barra. Ela foi apresentada na 14a Delegacia Territorial (DT) da Barra.

A segunda prisão aconteceu no ano de 2020. A criminosa foi apresentada na Central de Flagrantes, após furto no supermercado Bom Preço, na Avenida Bonocô.

Em 2021, a mulher foi capturada outras duas vezes por furtos no Shopping da Bahia. Ela foi apresentada na 16a DT (Pituba), na primeira ocorrência, e na Central de Flagrantes, no segundo caso.

“Importante ressaltar o empenho de toda a equipe do DHPP, dos outros departamentos da Polícia Civil, da PM e também da Superintendência de Inteligência (SI) da SSP”, declarou a diretora do DHPP, delegada Andréa Ribeiro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.