Mulher diz que matou marido asfixiado após ele chamá-la de ‘gorda e velha’

0

Uma mulher confessou à polícia que matou o marido com a ajuda da vizinha após ser constantemente chamada de “gorda e velha” por ele. O caso ocorreu na cidade mineira de Itajubá.

A vítima, identificada como sendo o servidor público e segurança Sérgio Carvalho Silva, foi morto por asfixia no sábado (25). Para conseguir cometer o crime, sua esposa teria pedido que ele a ensinasse técnicas de imobilização.

Conforme divulgado pelo g1, a vítima teria aceitado ser amarrada pela esposa, que disse estar treinando para também atuar como segurança. Neste momento ela aproveitou a oportunidade para asfixiar o marido com panos e, em seguida, com um pedaço de pão.

A suspeita já havia revelado o plano para a vizinha, que ligou para o Corpo de Bombeiros pedindo ajuda para um caso de engasgamento. Os agentes chegaram a tentar reanimar o homem, sem sucesso.

Quando questionada sobre a motivação do crime, a acusada não soube explicar. Casada com a vítima por 20 anos, ela disse em depoimento que, enquanto sufocava o esposo, lembrava que ele a chamava de “gorda e velha”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.